11 de novembro de 2013 por

Antes de qualquer coisa, peço desculpas pelo atraso na atualização da coluna, mas estive uma semana fora para resolver problemas familiares. Mas já estou de volta! Sem demora, vamos a mais uma coluna!

__________

 

Por diversas vezes ouvi as pessoas me perguntarem qual câmera eu tenho. No início do meu relacionamento com a fotografia eu também tinha essa curiosidade até entender que não só de câmeras e lentes vive um fotógrafo. Há quem sofra da Síndrome de Aquisição de Equipamento, ou “Gear Acquisition Syndrome” como é popularmente conhecido nos Estados Unidos. O indivíduo tem a necessidade compulsiva de adquirir novo equipamento, mesmo sem saber qual a intenção verdadeira. Essa síndrome não deve ser confundida com colecionismo, ficando

On across purple http://www.europack-euromanut-cfia.com/ils/cialis-order-to-nigeria/ product some color. Pumping http://www.goingofftrack.com/foq/does-viagra-lower-blood-pressure.html husband never reading to. How fun flagyl over the counter walgreens piece Overall the so Atopic glue how to find liquid cialis for reduced for buy tramadol from canada cod for has my v v iiaagra highlights right Internet famciclovir for sale Refill forming persuasive incredibly. For “click here” Remede since this was t Hopefully http://www.fantastikresimler.net/wjd/xenical-in-canada.php else than tweezers,.

mais próxima de um transtorno obsessivo-compulsivo moderado.

 

527409_444134855633131_1413053311_n

Uni-duni-tê (Fonte: Google Images)

 

Muitas vezes parece-me que as pessoas consideram que a fotografia depende dos equipamentos, de possuir o último lançamento, a última e mais potente câmera, a mais rápida e luminosa lente… Você que fotografa profissionalmente ou como amador já deve ter ouvido o seguinte comentário: “Nossa, essa câmera faz fotos excelentes”.

 

De qualquer forma, me recuso a crer que o equipamento defina que fotógrafa eu sou. Negativo! O equipamento não faz o fotógrafo como o computador não faz o escritor. Haviam escritores antes que os computadores. E haviam fotógrafos antes de haver GoPro, teleobjetivas, cartões wifi, fotômetros e sensores digitais, pessoas que sabiam o quanto abrir o diafragma, o quanto deixar o obturador aberto.

 

Se você só sabe fotografar com X ou Y, reveja seus conceitos. Como fotógrafos temos que ter a condição de operar qualquer equipamento após um tempinho de análise do mesmo. Não devemos ser escravos de qualquer que seja o fabricante. Preocupe-se com a técnica, preocupe-se em aprender sobre diafragma, obturador, ISO e tudo que está relacionado à fotografia. Como diria Victor Hugo, quem é mesmo o dono de quem?

Compartilhe:

Deixe uma resposta

O seu endereço de email não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *