Fifa estuda limitar número de jogadores emprestados por clube

Fifa pretende diminuir para oito o número de atletas emprestados por clube (Foto: Michael Buholzer/AFP)

A Fifa está estudando uma medida que pode influenciar bastante o mercado da bola. Segundo a agência AFP, a entidade do futebol planeja limitar o número de jogadores cedidos por empréstimo, que passará a ser apenas oito por temporada. Além disso, ela quer reinstaurar exames de licença para agentes de futebol.

Ainda segundo a AFP, o objetivo principal é aumentar as chances de igualdade entre as equipes, além de procurar parar com uma estratégia bastante utilizada pelos clubes: a de contratar muitos atletas e depois emprestá-los pelo resto do ano corrente. Outra mudança seria a de recompensar financeiramente o clube formador por meio de arrecadação feita por banco.

Em abril, a imprensa internacional divulgou que a Fifa estaria disposta a acabar com o empréstimo de jogadores entre as equipes ainda neste ano. Para a entidade, os motivos de cessão de atletas mudou completamente, já que muitas vezes envolve pagamento, e a prática começou a ser vista como algo danoso ao esporte, funcionando como uma vitrine e não para dar oportunidade para que eles melhorassem seu desempenho e voltassem aos seus clubes de origem.



Gazeta Esportiva